sexta-feira, abril 20

O que você pensa sobre tatuagem? // Anderson//

Recebi uma mensagem de um irmão que perguntava qual meu posicionamento sobre tatuagem.

Segue a resposta, e meu posicionamento...

Paz mano! 

cara, eu já tive muita opinião sobre o assunto [...] hoje não perco meu tempo mais com isso, estou focado em Jesus, conhece-lo e faze-lo conhecido - o tema faz com que percamos muito tempo com aquilo que não é fundamental. Estou consciente que fiz uma decisão, não tenho tatuagens, adotei um estilo de vida... eu sou um tatuado, faço parte de uma cultura que um dia foi marginalizada, mas que as poucos está ganhando espaço, relevância e reconhecimento como arte. Estou consciente que existem consequencias para com minha decisão, seja dentro da Igreja ou fora, mas por está consciente não vou chorar no colo da minha mãe; precisamos amadurecer e saber que as pessoas não são obrigadas a nos aceitar, pois elas também possuem um entendimento, e uma cultura diferente da nossa; creio que o problema do julgamento terminará quando sua vida for o contrário da sua aparência, se as pessoas verem Cristo em você, o problema chegará ao fim, mas se é apenas uma discussão de quem está certo, ou errado, vocês não chegarão a lugar algum.


E se as tatuagens valem mais para você do que seus irmãos, podemos chamar isso de IDOLATRIA. Podemos abrir mão de nossos posicionamentos para SERVIR e AMÁ-LOS. 
Até que eles nos vejam como irmãos, e como pessoas que também amam ao Senhor... 
e se nossa vida não expressar o caráter de Cristo, eles terão motivos para colocar a culpa em nossas tatuagens, e no estilo de vida alternativo.


Se os irmãos estão preocupados com você, e com o seu futuro, vendo que você encontrará problemas, e falta de emprego por não ser um profissional da área de modificação corporal, [...] é bom escutá-los, eles tem o que ensinar; se for algo que diz respeito à preconceito, só sua vida em Jesus irá mostrar para eles o contrário...

 A vida tem mais força que as palavras...
Grande abraço querido

// Anderson //


6 comentários:

  1. Anderson,eu tenho tatto,alargador e tudo mais,ja fui expulso de uma igreja por ser um servo diferente do q eles acham certo.
    Eles me mostravam uma passagem q se encontra em leviticos,q fala pra gente não fazer marca alguma sobre o nosso corpo,tem algum estudo sobre essa passagem?

    ResponderExcluir
  2. Olá Edygle, o texto a que você se refere em Levíticos é o seguinte:

    Lv 19:27,28
    27 Não cortareis o cabelo, arredondando os cantos da vossa cabeça, nem danificareis as extremidades da tua barba.
    28 Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR.

    Importante notar que é um texto da lei mosáica e que diz várias coisas, entre elas, que não farás marcas alguma no seu corpo.

    O entendimento desse texto não pode ser feito de forma isolada ou descontextualizada. Veja, que o texto também fala que não cortaremos o cabelo em redondo. Isso é proibido nas igrejas evangélicas? Também fala que não devemos danificar a extremidade da barba. Porque retirar desse texto apenas uma parte, esquecendo todo o resto? Isso não é uma boa maneira de interpretrar os textos bíblicos.

    No capítulo 19 há uma série de exortações. O verso 18 diz o seguinte: “Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o SENHOR”. Gostaria que essa passagem fosse enfatizada tanto quanto outras, mais “exteriores”.

    Todo esse texto trata de ordenanças da lei mosáica, que foram cumpridas em Cristo. Mas mesmo assim falam de verdades espirituais que não devem ser desprezadas, mas entendidas na dispensação da graça. Deus é o mesmo. O Espírito Santo que inspirou o antigo testamento é o mesmo que inspirou o novo, mas devemos ler o AT a partir dos ensinamentos de Jesus e da doutrina dos apóstolos, entendendo o porquê das ordenanças da lei, para entender também o sacrifício de Jesus na cruz do calvário.

    Nesse sentido, entendo que as ordenanças de cunho prático, social e relacional estão voltados para um povo que se identifica com nação santa, povo adquirido, sacerdócio real, propriedade exclusiva de Deus. A circuncisão, por exemplo, ainda vale, mas é no coração, e não na parte exterior do corpo. Seremos reconhecidos agora não pela aparência, mas pelo amor com o qual amamos uns ao outros e ao próximo (amigo, inimigo, conhecido, desconhecido, parecido, diferente...). As ordenanças práticas da lei visavam manter o povo judeo separado, com uma cultura própria, sem absorver influências culturais que poderiam afastá-los dos caminhos do Senhor. Mas e agora? Continua a mesma coisa. Mas o foco está no fruto do Espírito. No fruto do Espírito!! Pois agora, sim agora e não antes, somos templos do Espírito Santo de Deus! Ainda é a vontade de Deus que sejamos um povo separado. Mas como essa separação opera? Será com ênfase na aparência física? Será a cara fechada, a roupa austera? Devemos lembrar dos fariseus a quem Jesus chamou de “sepulcros caiados”.

    Seremos conhecidos como discípulos de Cristo pelo amor com que amamos, amor do tipo de Deus, que nos leva, por opção, por escolha, a nos submetermos aos Seus ensinamentos, sendo expressão do amor de Deus no mundo. As marcas que não devemos ter são a do ódio, da avareza, da indiferença, do preconceito.
    Muitas outras passagens bíblicas podem ser usadas para mostrar que o foco não está na aparência exterior. Na verdade, a nossa aparência acaba sendo uma consequência das mudanças que Deus faz em nós. Mas é Deus quem faz essas mudanças, e não a religião, não doutrinas de homens. Ele muda apenas o que precisa ser mudado, de acordo com Sua vontade.

    Certamente que uma pessoa com tatuagens e alargadores acaba, hoje em dia, chamando mais a atenção para si. E se você diz que é cristão, isso chama mais a atenção ainda. Agora replico a frase do Anderson: que a sua vida seja expressão do caráter de Deus! Constumo dizer que nossa vida deve ser expressão do amor de Deus. Então, meu amado irmão, impressione! Seja manso, calmo, sereno, humilde, generoso! Mas não na sua própria força, mas na força do poder de Deus. Frutifique. E seja um menbro do corpo de Cristo, canal para a atuação do amor de Deus para o seu próximo e expressão da justição de Deus na Terra.

    geraldofelipe2@gmail.com
    geraldofelipe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. OLA ANDERSON...
    SOU DA IGREJA APOSTOLICA MISS'AO NOVA VIDA DE RIO DAS OSTRAS- RJ, E O MEU PASTOR USA BRINCO TEM TATOO, ASSIM COMO EU TENHO, E APESAR DISSO, ELE FAZ UM TRABALHO INCRIVEL COM JOVENS QUE ESTAO VIVENDO NO MUNDO DAS DROGAS E LHES AJUDANDO A ENCONTRAR O CAMINHO QUE E JESUS... CREIO Q A TATTOO NAO IMPLICA NO NIVEL DE SANTIDADE QUE TEMOS COM DEUS NEM NOS AFASTA DE SEU GRANDE AMOR POR NOS.
    HELLEN MACIEL

    ResponderExcluir
  4. SE VOCE ACREDITA E TEM FÉ E DEUS NA SUA VIDA...O QUE SAO TATUAGENS E BRINCOS DIANTE DISTO TUDO? NADA...

    ResponderExcluir
  5. Pastor, se possivel entre em contato comigo!
    Sou Cristão, e ja levei centenas de pessoas a Cristo inclusive minha familia, No entanto a uns meses atras compreendi que sou gay e abandonei tudo por me achar indigno e desmerecedor da presença de -Deus.

    Meu contato é 91-981400357

    ResponderExcluir
  6. De a cesar o que é de César! ! O que você pode dar a Deus e o seu coração seu louvor e adoração! !! Se você não tem tatuagem não faça pois todos sabem que essa é uma tradição do mundo se você já tem ,isso não quer dizer que vai viver em pecado mas isso tem que ficar no passado você é nova criatura

    ResponderExcluir